AMIGOS DO BLOG

Links Úteis

23 de ago de 2009

Hanseníase





A Hanseníase é causada por uma bactéria, chamada Mycobacterium Leprae. É conhecida como Bacilo de Hansen, descoberta em 1873. A doença era conhecida como Lepra. As pessoas infectadas eram discriminadas e obrigadas a viver fora da sociedade.

A Hanseníase é uma doença infecciosa que atinge principalmente a pele e os nervos.
Localizadas principalmente em:Face, Orelhas, Costas, Braços, Mãos, Pernas e Pés





Tipos de Hanseníase



Hanseníase Indeterminada
Forma mais benigna. Geralmente, encontra-se uma mancha de cor mais clara que a pele normal, com diminuição da sensibilidade.

Hanseníase Paucibacelar
Forma também benigna e localizada, ocorre em pessoas com alta resistência ao bacilo. Caracteriza-se por poucas manchas ou apenas uma avermelhada, levemente elevada, e com limites bem definidos. Há ausência da sensibilidade, dor, fraqueza e atrofia muscular.

Hanseníase Multibacelar
Neste caso o bacilo se multiplica muito, levando a um quadro mais grave. Há atrofia muscular, inchaço das pernas e surgimento de nódulos na pele.


Transmissão
A Hanseníase pode ser transmitida: Por vias aéreas superiores, por contato físico, período de Incubação (2 a 7 anos)atinge todas idades, ambos os sexos.


Sintomas
Formigamento, manchas branca, vermelhas ou cor de cobre, dor nos nervos, perda da sensibilidade, podem ser planas ou elevadas, nódulos, face leonina.




















O diagnóstico e tratamento precoce mais rapidamente curam os doentes. Pesquisa da sensibilidade térmica, dolorosa e tátil, biópsia da pele, baciloscopia- exame para detectar o Bacilo de Hansen. Existe uma vacina que ajuda a proteger contra a Hanseníase. É a BCG, quando uma pessoa na casa possui Hanseníase todos os moradores devem procurar um posto de saúde.





4 comentários:

  1. Muito bom o artigo Renata,tow fazendo estágio o Programa de Saúde de Haseníase,e eu gostei bastante!
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Lorena!
    Que bom ter ajudado, esse é o objetivo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá, um ótimo artigo...parabéns...
    olha sou ACS e modero um blog voltado aos Agentes Comunitário de Saúde, e gostaria de saber se posso postar este artigo seu em meu blog...
    obrigada.

    ResponderExcluir