AMIGOS DO BLOG

Links Úteis

1 de abr de 2010

MOLA HIDATIFORME




De forma bem resumida, mola hidatiforme é um tumor benigno irregular que se desenvolve a partir de tecido placentário em fases precoce de uma gravidez em que o embrião não se desenvolve normalmente, se apresenta sob a forma de um aglomerado de vesículas semelhantes à um cacho de uvas. Sua etiologia é desconhecida.

São de dois tipos: a parcial e a completa, as diferenças entre elas são importantes, devido ao risco de evolução para forma persistente.

A mola hidatiforme completa caracteriza-se pela ausência do embrião, enquanto na parcial há tecido placentário junto com os cistos, e o embrião começa a desenvolver, mas mesmo que ele esteja presente é importante saber que não é um embrião normal, devido à má formação fetal, oferecendo difícil condição de sobrevivência.

Sinais e sintomas

Náuseas, vômitos frequentes, aumento do útero desproporcional com a idade da gravidez, útero de consistência mole, hipertensão, edema, proteinúria, hemorragias espontâneas, indolor, também ocorre diminuição do volume uterino após hemorragia, as vesículas podem ser eliminadas pela vagina, pode ocorrer emagrecimento, palidez, dispnéia e o fator principal é a ausência de batimentos cardíacos fetais.

                        


Tratamento

Esvaziamento uterino, acompanhamento clínico, quimioterapia.


Cuidados de enfermagem básicos 


  • Apoiar psicologicamente esta paciente;

  • Observar e registrar perdas vaginais;

  • Aferir e registrar sinais vitais;

  • Observar sinais de choque e comunicá-los imediatamente a enfermeira ou ao médico;

  • Administrar medicamentos prescritos;

  • Realizar tricotomia pubiana e perineal;
  • Monitorar eliminações vesicointestinais
Abaixo histerectomia, verifica-se a presença de várias vesículas.





Papel da enfermagem

O profissional de enfermagem atua na orientação à cliente, explicando as solicitações médicas, promovendo a saúde, prevenção e recuperação, garantindo uma evolução positiva do quadro e adequada assistência de enfermagem à paciente acometida de gestação molar.